Imagem de Morungaba Imagem de Morungaba Imagem de Morungaba Imagem de Morungaba
Plano Diretor: Estância de Morungaba se prepara para os próximos 10 anos
10.nov

Plano Diretor: Estância de Morungaba se prepara para os próximos 10 anos

Plano Diretor Municipal - A população da Estância de Morungaba começou a definir quinta-feira, 9, o que quer para o município nos próximos dez anos, ao fazer o novo Plano Diretor da cidade. Por quase 3 horas, atendendo a convites amplamente divulgados, grupo de autoridades e moradores estiveram reunidos em audiência pública na Prefeitura, das 19h às 21h45m.

A elaboração do documento, que depois será apreciado pela Câmara Municipal, é gratuita. É preparado pela Alto Uruguai Engenharia e Planejamento de Cidades, a pedido da Mata de Santa Genebra Transmissão S/A, por exigência de acordo com a área de meio ambiente, considerando-se o impacto da instalação de linhas de energia que passam por 70 municípios, a exemplo de Morungaba.

Na abertura do encontro, o prefeito Marquinho de Oliveira disse que o Plano Diretor Municipal teria de ser revisto em 2016, o que a administração passada não fez. “Esta audiência pública é muito importante, deveria estar lotada de cidadãos, pois o plano interessa a toda população”, afirmou, destacando que outras reuniões sobre o assunto serão realizadas.

Maycon Pedott e Jackson Bólico, que apresentaram o projeto, pela Alto Uruguai, reforçaram a declaração do prefeito sobre a importância do plano, que vai organizar o crescimento e o funcionamento da cidade nos próximos anos.

Depois da apresentação do projeto, os presentes foram divididos em dois grupos, com participação do prefeito Marquinho de Oliveira e o vice-prefeito Luís Fernando Miguel e dos vereadores Antonio Salvador Marques (Toninho Motorista) e Tomás Federicci, além de diretores municipais e convidados.

SUGESTÕES

Um grupo debateu e fez sugestões de potenciais e eventuais deficiências do município nas áreas de uso do espaço urbano, habitação, mobilidade e acessibilidade.

Outro grupo tratou de qualidade de vida e empregos, lazer, turismo e cultura, meio ambiente e sustentabilidade. Assim surgiram, por exemplo, propostas de maior qualificação de empregos na cidade e de capacitação de profissionais e guias de turismo, bem como a preocupação com a demanda de estacionamento de veículos no centro da cidade.

O projeto do Plano Diretor do Município revela que a frota de automóveis da Estância de Morungaba é de 5.653 veículos, conforme dados de 2016. O número de motocicletas, pelo mesmo levantamento é de 1.455.

QUALIDADE DE VIDA

O último levantamento do IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano-Médio), pontuado de 0 a 10, mostra que este cenário da estância, com 0,715 pontos, é positivo entre os municípios brasileiros. O do Estado é de 0,783 e o do Brasil, 0,727.

Na mortalidade infantil, a Estância de Morungaba registra 5,46 mortos para cada mil nascidos vivos, índice abaixo do máximo sugerido como aceitável pela Organização Mundial de Saúde (10 por mil). O do Estado de São Paulo supera a marca, com 11,5 mortos por mil nascidos vivos); o índice no Brasil é de 12,9 por mil.